top of page

CRI e CRA

São ótimos investimentos para quem deseja investir em renda fixa.


CRA - Certificado de Recebível do Agronegócio


É bom para quem investe e ótimo para o desenvolvimento do país e do setor agrícola.

O recurso captado é usado para fomentar o setor da agricultura.


CRI - Certificado de Recebíveis Imobiliários


Apresentam uma finalidade igual a do CRA, mas voltado para o financiamento do setor imobiliário. Sendo lastreados em recebíveis do crédito rural, de cooperativas e de outras instituições atuantes neste mercado.


Funcionamento


As seguradoras são as instituições financeiras responsáveis pela emissão dos certificados e também podem ser chamadas de Agentes Securitizadores. Todos são emitidos de forma nominativa e seu registro é realizado na B3, sua remuneração pode ser pós ou prefixada.


Quais as vantagens para o Investidor?


Recebem uma remuneração superior ao que é pago nos CDB´s (Certificados de Depósitos Bancários), LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LCA (Letra do Agronegócio). Um ponto importante é que para investidores pessoas físicas há isenção de imposto de renda sobre o rendimento auferido e por sua negociação ocorrer em ambiente de bolsa de valores existe uma cobrança maior para que as instituições emissoras controlem e gerenciem os riscos do certificado. Esse tipo de investimento é possível para qualquer tipo de investidor, mas existem emissões que são exclusivas de investidores qualificados (Instrução CVM Nº554 de 17 de Dezembro de 2014).


Quais as desvantagens para o Investidor?


A principal desvantagem é o valor de negociação dos certificados, apesar de não possuírem em norma a determinação de um valor mínimo o mercado adota o de R$ 300.000 (Trezentos Mil Reais, mas há limitação de até R$ 100.000.000 (Cem Milhões de Reais, texto da Instrução CVM Nº603 de 31 de Outubro de 2018)

Outra desvantagem bem nítida é não possuir o FGC - Fundo Garantidor de Crédito - que é usado para garantir as operações de instituições bancárias em caso de falência. Para contornar essa situação é exigida a separação desses recebíveis do Patrimônio da Instituição.

Como avaliar se vale a pena investir?


É importante conhecer a instituição emissora do certificado e avaliar seu rating de crédito. As que apresentarem a nota muito baixa, podem apresentar uma chance de não pagamento dos recebíveis aos investidores. Além disso, é interessante observar a economia e procurar informações de como andam os setores, crescimento, retração, investimentos e outros, quanto mais informações melhor será a sua tomada de decisão.


Referências


Certificados de Recebíveis do Agronegócio - LEI No 11.076, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2004.

Certificados de Recebíveis Imobiliários - LEI Nº 9.514, DE 20 DE NOVEMBRO DE 1997.

Instrução CVM - Instrução CVM 554





97 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page