top of page

A sedução por trás dos Golpes

Vamos entender como são feitos os principais golpes financeiros?


Golpe do Pagamento adiantado

Muito comum, e apesar de muitos noticiários do mundo a fora relatarem a existência, pasmem! Muitos caem.

As principais vítimas são pessoas idosas, aposentados ou pensionistas. O golpe consiste em ligar para a vítima e induzi-la realizar uma transação financeira em prol de uma liberação de um recurso financeiro.


Como funciona?

É comum as pessoas se passarem por profissionais de mercado ou funcionários de grandes instituições. As vezes falsificam sites, e-mails e colocam fotos de pessoas que trabalham em instituições financeiras ou de logotipos destas.

Em regra para não cair, entenda que as instituições financeiras não vão atrás de você, se não detiver o seu cadastro. E normalmente, o Gerente ou Profissional destas, agenda a conversa ou visita a Agência ou Escritório credenciado.

Além, das vítimas citadas é muito comum a busca por pessoas extremamente endividadas, sem acesso a crédito no mercado. É mais fácil induzir aqueles que estão desesperados por dinheiro.


Manipulação no mercado de cripto

Não vou afirmar categoricamente que todas as empresas ou instituições que operam neste mercado são golpes, pois, se o fizer estarei mentindo! Ou em Falso em relação a isso, pois, realmente existem instituições certificadas e autorizadas a operar de verdade!

Mas, vamos entender como funciona a manipulação de mercado. Basicamente um grupo de pessoas lança uma isca, em locais específicos: Fóruns, clubes, grupos de whatsapp/telegram, sites e redes sociais.

Normalmente com dizeres persuasivos de altos ganhos e grandes retornos, cujo teor é capaz de produzir a necessidade incontrolável em uma pessoa comum de comprar tal moeda.

Esse grupo se junta para comprar a operação e logo no gráfico os investidores percebem uma alta repentina, o que justificaria que a dica ou recomendação de investimento é confiável. Diante disso, o grupo espera cuidadosamente as pessoas morderem a isca e entrarem na operação e quando isso acontece o papel sobe mais um pouco. E quando atinge o patamar desejado grupo responsável pela manipulação realiza a venda e quebra os investidores.


Como não cair!

Primeiro passo é verificar de onde vem a informação: É de um profissional de mercado e de uma instituição fiscalizada pelos órgãos de controle CVM ou Bacen? Porque digo isso, estes são obrigados por normas e leis rígidas a comunicarem suas operações aos fiscalizadores, podendo ser responsabilizados por qualquer tipo de manipulação de mercado. Caso, comprovado cabe a cobrança de multas altíssimas e para os profissionais a perda do registro, fato regulado pela Lei 7.492/86 e Instrução Normativa da CVM Nº 62/22.

Segundo passo em regra o profissional de mercado é proibido de prometer rentabilidade, conforme Ofício Circular CVM/SIN 02/19, que trata sobre esclarecimentos sobre a Norma CVM Nº598. Estamos falando de renda variável, não tem como determinar o valor da renda antes de fechar a operação. Para quem não entende isso é igual a comprar um imóvel a um valor fixo, mas na hora da venda quem decide o preço é o comprador, é ele que vai determinar se o vendedor terá lucro ou não. O vendedor tem apenas o direito de concordar ou não com o valor da venda.

A temática das criptomoedas é muito nova e somente em 2022 o Brasil lançou sua primeira Lei a 14.478. E a sua repercussão está em evidência devido a CPI das criptos moedas, lembrando: Há um forte debate para associar criptos a pirâmides, pois, muitos golpistas induziram o fato a essa realidade. Então, cuidado na hora de investir e certifique-se de estar realizando operações em instituições autorizadas pela CVM e pelo BACEN. Caso não, você está em um golpe!


Esquema de Ponzi

A seguir, iremos conhecer o mais famoso esquema de pirâmides financeiras que iniciou em 1910, formado pelo Italiano Charles Ponzi.

O este consistia em prometer retornos de 50% em 45 dias ou de 100% em 90 dias. Os juros eram pagos aqueles mais antigos da pirâmide e para que funcionasse era necessário a entrada de mais e mais pessoas.

Isso, veio a baixo quando o jornal Boston Post decidiu investigar em 1920. A história completa pode ser lida no site:


Os esquemas de pirâmides já são punidos no Brasil pela Lei 1.521/51, com pena de detenção de 6 meses a 2 anos e multa. Entretanto, a Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados estuda o aumento desta para 8 anos. Nosso país, tem sido vítima de inúmeros casos de ações contra pessoas que formularam ou administraram algum tipo de golpe nesse sentido.

Junto a comissão, ocorre a CPI das Pirâmides que além de citar as empresas de cripto , estende a situação a empresa 123 milhas, famosa pelas compras e vendas de milhagens.


Como não cair!

É simples e prática a dica, tudo que prometer ganhos exagerados ou a necessidade de convidar mais pessoas para obter crescimento ou ganhos maiores. É uma pirâmide! Muitas, hoje estão disfarçadas com outras estratégias, tais como: Marketing Multinível ou Esquemas de Coaching para enriquecimento que exige a compra de cursos com o viés de enriquecimento ou Mindset.

As principais mudanças estão a caminho via aspectos legais. Assim, não seja a próxima vítima! Sempre questione, estude e procure informações. Como sugestão, visite sites que ensinam de graça a você investir e são fiscalizados, tais como: B3 Educação, Portal do Investidor e outros. Procure instituições sérias para alocar recursos. Lembre-se seu dinheiro é precioso demais para você colocar em qualquer lugar! Afinal estamos falando do resultado do seu trabalho.

Uma série interessante para assistir e bem didática é a Explicando o Dinheiro, da Netflix o primeiro episódio é uma aula.


Atenciosamente,

Paulo Marques

Adm. Financeiro e Tributário

Agente Autônomo de Investimentos

Certificado: CPA-10, CPA-20, CEA, Ancord

Tel.: (92) 98121-4531

48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page